25.4.10

Slow Motion

Sobre Nina, lembro de sua generosidade. Certa vez, ela estava naqueles dias. Mas fez questão de me chupar. E não foi um boquete qualquer. Nina me chupou sem se preocupar com as horas. Sem pensar no tempo. Um boquete em slow motion. Sem pressa. Subindo. E descendo. Subindo. E descendo. Centímetro por centímetro. Subindo. E descendo. Devagar. Bem devagar. De olhos fechados. Como se sonhasse. Enquanto eu tremia. E viajava. Pelo infinito. Até explodir e bater a cabeça na cabeceira da cama. Evitando qualquer desperdício, Nina me sugou até o fim. Depois sorriu e deitou a cabeça no travesseiro. Então liguei a TV.

- Caralho – eu disse – que horas são? Já é Serginho Groisman.
- Deve ser uma e tanta – disse Nina.
- Não tenho mais saco pra esse cara.
- 01h43.
- Tudo é certinho, do bem, tudo politicamente correto. Vai tomar no cu.
- Por que você tá comigo?
- Hum?
- Por que você tá comigo? Por que você gosta de mim?
- Porque você faz um boquete slow motion sensacional.
- Nojento.
- Tô brincando.
- Baixo astral.
- Porque você sabe das coisas.
- Que coisas?
- As coisas que eu gosto.
- O que mais?
- Que mais o quê?
- Que mais você gosta em mim?
- Porra, sei lá, gosto da cara que você faz quando tá curtindo alguma coisa, algum filme.
- Como assim?
- A cara que você faz. Você fica sorrindo assim.
- O que mais?
- Porra.
- Sério. Porque você tá comigo?
- Por causa do seu yakisoba.
- Que mais?
- Porque você me apresentou ao cinema argentino.
- Yeah.
- Se bem que também te apresentei aos Smiths.
- To die by your side is such a heavenly way to die.
- Ó, meu pau ainda tá duro.
- Vai ficar aí. Porque eu já vou dormir.
- Eu também. Foda-se o Serginho Groisman.
- E amanhã?
- Amanhã o quê?
- Vamos na praia?
- Sol dos infernos.
- Zoológico?
- Aqueles macacos me deprimem.
- Você não gosta de nada.
- Gosto de você.
- Quer saber por que estou com você?
- Vá pra praia, chame suas amigas.
- Hein, quer saber por que gosto de você?
- Não.
- Por que não?
- Porque não vou acreditar.
- Porra, Paulo, começou com seus peidos?
- Porra, preciso peidar.
- Chegue pra lá, vai, chegue pra lá.
- Eu já tô na ponta da cama.
- Puta que pariu. Você consegue ficar na ponta e no meio ao mesmo tempo.
- Ok, então qualquer dia desses você me troca por um cara magro, que ocupe pouco espaço, que não peide, que tenha o pau grande e que goste de ir à praia, um cara legal de verdade.
- Boa noite, Paulo.
- Deixa eu ficar vendo seu peito.
- O quê?
- Deixa ele à mostra. Pode dormir. Não vou fazer nada. Sou vou ficar olhando.
- Seu tarado.
- Isso. Só vou ficar olhando. Até dormir.
- Obsceno.
- Durma bem, pequena.

25 comentários:

Elga Arantes disse...

Nina é uma mulher de sorte...

Ric Dexter disse...

Por que as mulheres querem sempre explicações pra tuuudo...?

Abraço.

Ana Paula disse...

Hi, my Buk

Gostei muito. Las peliculas argentinas son las mejores!

Love,

Sra. Bono

Marcos Satoru Kawanami disse...

Paulo, ela é generosa; mas conheci uma que dava menstruada.

E, um conhecido que praticava sodomia, tinha uma namorada que, quando menstruada, virava o disco!

A genorosidade feminina é infinita se comparada à nossa.


=D
Marcos

Daniel Pfaender disse...

Adormecer com uma bela visão e sonhar bem... sinto falta disso...

acho que você também vai sentir, Bono.

abraço

Rodrigo Carreiro disse...

homi é tudo igual nessaporra

Bolota da Bahia disse...

Esse foi o texto mais romântico que eu já li...

Fábio disse...

Ser acordado com um boquete é a melhor maneira de começar o dia.

Abraços.

Paulo Bono disse...

Elga,
Sorte ela tem hoje, longe de mim.

Ana Paula,
Gosto pra caralho.

Kawanami,
Como sempre, seus comentários são pérolas. Já experimentei mas não sou chegado no sangue. E também naquela noite, ela não estava a fim de virar o disco.

Pfaender,
Realmente, sinto falta do cangote de Nina.

Bolota da Bahia,
Finalmente alguém que captou a alma do texto.

Fábio,
Ser acordado ou na hora de dormir, é bom de todo jeito.

abraço a todos

jesus disse...

Bono Saramandaia,

A vida realmente oferece lampejos de felicidade.

Sunflower disse...

Haven't had a dream in a long time
See, the life I've had can make a good man bad.

Foi essa música que eu me lembrei.

Beijas, gordo.

Mel disse...

Até porque não precisa ser piegas ou pedante pra ser romântico... puta declaração de amor essa tua! E se eu fosse a tua Nina (sim, um dos meus apelidos é Nina também), ainda tava contigo, pagando peitinho na hora de dormir, hahahah, coisa bôua. Até porque, né, meu bem, todo povo que ama fica tarado!

Beijo!

Mateus Henrique Zanelatti disse...

"Nina é uma mulher de sorte..." Realmente sorte não existe. Se isso é sorte o mundo está perdido. Hehehe.
.
.
.
Oloco! Macacos são os animais mais divertidos que existem! Eles jogam bosta nas pessoas e tal.

Abração!

Marcelo Mendonça disse...

dava um filme argentino!

Paulo Bono disse...

Sunflower,
Please, please, please.

Mel,
Quem ama fode gostoso.

Zanelatti
Não entendi. Eu sou um macaco?

Mendonça,
Os filmes argantinos são muito melhores que isso.

abraço a todos

Sunflower disse...

Assistiu "Um Namorado pra Minha Mulher"?

Paulo Bono disse...

Sunflower,

Coincidência. Assisti justamente nesse fim de semana. Falar a verdade, n~co curti muito. Achei longo, e em determinado ponto, se enfraquece. O problema deve ser o diretor. Pq depois assisti "Não é você, sou eu". Com a mesma temática, praticamente, e vi os mesmos defeitos.

abraço

Paulo Bono disse...

Sunflower,

Coincidência. Assisti justamente nesse fim de semana. Falar a verdade, n~co curti muito. Achei longo, e em determinado ponto, se enfraquece. O problema deve ser o diretor. Pq depois assisti "Não é você, sou eu". Com a mesma temática, praticamente, e vi os mesmos defeitos.

abraço

Marcos Satoru Kawanami disse...

Paulo e Sunflower,

a locadora de Nhandeara tem pouco filme, e meu computador só tem 18 gigabites de memória, não baixa filme, é um computador de 2003.

de modo que não conheço esse filme.

mas alguém já viu "Premonições"?

vão gostar do tom sinistro que fez jus ao meu cu de corinthiano: frio, suado e apertado. bem, o apertado é por minha conta; mas não é propaganda, porra!


O.o
Marcos

Fabrício Romano disse...

... Pena que a mulher vem junto.

Girafa disse...

"Um homem que peida na cama, minha avó dizia, é um homem que ama a vida"

[Muriel Barbery - A Morte do Gourmet]

::Soda Cáustica:: disse...

paulo, o rei do romantismo.

Pimenta disse...

Porra Bono,
Senta e chora, que não há dinheiro que pague uma chupada slow motion!
Só amor mesmo.
bjo

Rafaela disse...

Vc é meio pervetido ou é igual a qualquer outro homem só que com mais gotas de sinceridade??? Vc me faz refletir...

Soneca disse...

Aham, comecei a ler com cara de indignação e terminei com essa exclamação:
Awwww! (onomatopéia som da fofura)

Gosto desses textos romanticos não-mamão com açúcar.
Tem uma essência, esse dever seu lado mulher. ;D

Xingamentos em 3,2,1...

Inté