15.11.09

A Mulher Mais Rabuda da Cidade

Lojas de conveniências, essas dos postos de gasolina, são uma facada. Mas era minha única opção. Já passava de uma da tarde. Sentia fome. É impressão minha ou nessas lojas tudo parece mais gostoso? O mesmo pacote de Bono que tem em qualquer mercado, ali, naquela prateleira, ao lado do Cookies da Nabisco, parece mais gostoso, parece brilhar mais. A diferença é que é o triplo do preço. Eu procurava um sanduíche. Havia um monte deles naquela geladeira. Parecia uma geladeira mágica. Havia os de ricota, mas não sou viado. Peguei um de filé mignon. Fui até a outra geladeira mágica e peguei uma Coca-Cola. Foi quando vi aquela bunda. E meu pau subiu. A mulher tinha uma bunda, que vou lhe dizer. A loira parecia uma daquelas dançarinas do Faustão. Era um chicote grande e matematicamente perfeito. A cavala vestia um jeans apertado, que era possível perceber a calcinha enterrada no fofinho. Fingi olhar o preço do pão de mel só para ver aquele rabo mais de perto. A jumenta pegou um Doritos. Era uma safada. Se ela me desse uma chance, não ia ter muita conversa. Eu falaria logo, de quatro, de quatro, fica logo de quatro, pelo amor de Deus. Mas acho que eu teria bater uma bronha antes. Senão era botar e gozar. Se bem que nem sei se eu conseguiria comer aquela jega. Tanta bunda, tanta carne, esse meu pauzinho de merda talvez nem alcançasse a terra prometida. Pensei até em dar minha Coca-Cola a ela. Quando ela perguntasse, o que é isso? Eu diria, parabéns, você é a mulher mais rabuda da cidade. Foi quando escutei:

- Encosta aí, gordo.

Era um assalto na loja. Um assalto de verdade. Dois caras. Um deles vestia uma camisa do Flamengo, uma camisa antiga, acho que de 95. Estavam armados. Enquanto o outro pegava a grana do caixa, o flamenguista mantinha os clientes e outros funcionários encostados no balcão do cachorro-quente. Sou frouxo como a porra nessas horas. Lembrei de outros assaltos. Pensei que fosse morrer. Até comecei a rezar. Pai nosso que estais no céu, santificado seja o vosso, aquele rabo, seja o vosso nome, bundão da porra, meu Deus, Pai nosso que estais, seja feita a vossa, te lasco toda, vagabunda, seja feita a vossa vontade, santificado seja aquele rabo que estava bem na minha frente. Nunca comi e sei que nunca comerei uma mulher daquelas. E se eu pedisse com humildade? Por favor, deixa eu te comer, por favor, por favor, só uma vezinha, na moral, eu meto, tiro e pronto, fica só entre a gente, ninguém vai saber que você deu sua bunda linda e maravilhosa para um gordo feio e asqueroso. Se eu comesse aquele rabo, poderia levar dois tiros nessa minha barriga mole e nojenta, que já teria cumprido meu papel nesse mundo.

- O celular, gordo, passa o celular – disse o flamenguista.

Entreguei meu celular.

- Puta que pariu, pode ficar com essa porra.
- Foi mal, cara. Só tenho esse.

Então os caras terminaram o trabalho. Saíram correndo em direção à Pituba. Eu estava vivo ainda. Aos poucos os ânimos se acalmaram. Só a putinha do caixa ainda estava chorando. A mulher mais rabuda da cidade perdeu o celular, mas pagou seu Doritos e deu o fora. Fui até o caixa. Aproveitei e peguei um Trident. Do verdinho, sabor planta. Um sanduíche, uma Coca-Cola e um Trident. Dava R$ 8,30. Passei o cartão. A chorona disse, desculpa, senhor, mas o cartão não foi autorizado. Era fim de mês. Então dei 1,30 à putinha e levei o chiclete.

39 comentários:

Katrina disse...

Olha, fazia tempo que eu não lia algo assim. Vim aqui de primeira pelo título, haha, a mulher mais linda da cidade se tornou a mais rabuda, faz sentido.
Só não rezo esse teu pai nosso porque, obviamente, fica dificil para mim algo assim,usauashsuahsuha.

Marcus Gusmão disse...

Você é perfeito, cara. Identificação total. Se eu fosse a loira, daria pra você.

jennydias disse...

cheguei aqui também pelo título.. e olha, se eu fosse a loira não daria para você mas você conseguiu me comover com essa oração hahaha

bjs

Dudu Nobre disse...

Bora Bono minha porra. Lembrei de você esse fim de semana vendo novamente todas as temporadas de prison break, hahaha, sacanagem. Como sempre, de fuder os textos. Abs.

Insanos no Paraíso disse...

trident sabor planta! hahahahha. prefiro os de erva.

Fábio disse...

Uma bunda as vezes desconcentra mesmo, um camarada meu bateu o carro por causa de uma bunduda passante.

Implorando fica dificil comer uma dessas, mas pagando tavez role. Não é barato, não é quaqluer puta de 30 contos que vai ter corpo de dançarina do Faustão. Mas se é um sonho, uma vez só na vida, talvez valha a pena.

Abraços.

Mwho disse...

Assaltante gente boa, hein?! Só podia ser flamenguista! Aposto que você desistiu do sanduíche e encarou uma rabada!!!

Fabrício Romano disse...

Boas bundas são sempre metidas.

Paulo Bono disse...

Dudu,
Tb lembrei de você, cara. Caetano sacaneando Lula.
Grande abraço

Marcos Satoru Kawanami disse...

Paulo,

"assim tu ofende o Cristo."

(do script de Deus é Brasileiro)



pax et bonum
Marcos

Edu disse...

muito show a oração kbeça!
kkkkkkkkkk

guives disse...

Essa mulher é uma loira que tem no panfleto do "executive vip bar" eu sei quem é.

hehehehe

Essa dai vale pedir por favor:

"Por favor, deixa eu te comer, por favor, por favor, só uma vezinha, na moral, eu meto, tiro e pronto, fica só entre a gente, ninguém vai saber que você deu sua bunda linda e maravilhosa"

Careca disse...

Bono, os caras sempre fogem em direção à Pituba, é fogo.

Mel disse...

A-M-E-I! É perfeito e tesudo, como sempre. E a oração, como muitos aqui já disseram, é comovente, mas acho que não iria funcionar. Mulheres rabudas são acostumadas a toda sorte de cantadas. Igonrá-la ou chamá-la na xinxa talvez desse mais resultado. Sabe? Esse teu palavreado chulo, com certeza deve funcionar melhor do que uma súplica.

Beijão!

Nat disse...

Isso é literatura sim.
Boa oração hehehe.
Adoro os seus textos. Rio demais.

Zé Dylan Walker disse...

Muito bom meu velho! Vou acompanhar o blog.

Sunflower disse...

Bunda que abunda.

Morri de rir com o comentário do Fabrício, isso tudo me lembrou O Cheiro do Ralo: "O olha já viu muita coisa, mas ele ainda não viu A BUNDA"

Beijas, rei.

J. disse...

ah paulo bono... ah paulo bono... menino danado...

eu prefiro o chiclete sabor gelo.

nat, ainda te como.

Paulo Bono disse...

Kawanami,
Cristo é do bem.

Guives,
Vai dizer que já comeu, ó filho de Zé Mayer?

Mel,
Nada funciona comigo. Nada.

J.
Entendi. Você quer comer às minhas custas.

abraço a todos

Rodrigo Carreiro disse...

Cena cotidiana de Salvador, típica...
Sensacional sua visão e, principalmente, a reza!

Larissa Bohnenberger disse...

Ahahahahahahah!
Adorei a super concentração na hora do Pai Nosso!
Ahahahahahah!
Bjs!

Mr. K disse...

"Por favor, deixa eu te comer, por favor, por favor, só uma vezinha, na moral, eu meto, tiro e pronto, fica só entre a gente, ninguém vai saber que você deu sua bunda linda e maravilhosa"

Amém.

Tenório disse...

Meu caro Paulo, putaqueopariu!

Cara, faz tempo que não leio algo tão genial.

Tudo cheio de humor, tudo radical, desde seu 'quem sou', um pessismo, um escracho, mas com ironia, ácido, humor, motes, genial repito.

Cara, estou publicando um folhetim virtual e na boa, acho que você que tinha que estar o escrevendo no meu lugar. Sério. Se puder dar uma passada lá e ler, seria um prazer. Depois me diz, parece que vc é meu personagem ou estarei eu te plagiando?

Muito bom, colega. Já vou colocar seu link lá no folhetim.

Parábéns mesmo, sem média. Foda.

Tenório

meu folhetim é aqui: garciavaimorrer.wordpress.com

Tenório disse...

AH, outra coisa: achei esse seu jeito sincerão-meio escroto-engraçadíssimo parecido demais com um amigão meu, chamado Fábio Scaffo.

Se quiser, dá um pulo no site: Crônicas de um homem baixo. Ele é o careca.

umhomembaixo.com

Fica a sugestão. Abração!

Paulo Bono disse...

Esqueçam o Espalitando Dente.
Leiam o que o Tenório escreve em garciavaimorrer.wordpress.com

é muito de fuder.

::Soda Cáustica:: disse...

ahahahah, muito bom como sempre Bono!!

Vinicius disse...

do caralho bicho

Tenório disse...

Ô meu querido!

Te agradeço pela generosidade de divulgar o Garcia aqui.

O caso, filho, é que não dá para esquecer o Espalitando. Acabei de ler o de baixo, o 'Mais do mesmo', e porra: me passa seu tel porque vc só vai entender o quanto eu gostei com a intesidade dos meus berros.

Cara, vc é muito bom. Tô quase te passando o Garcia, sério.

Cara, a sua crônica, as intervenções sobre cada situação, a filhadaputice, a identificação que causa na gente(por exemplo o medo de tentar abrir a janela do busu hahaha), as tiradas, o não óbvio. Melhor que o Mutarelli, que o Tarantino. Sério mesmo.

Genial, Bono.

Hilder Santos disse...

HAuahuahuauauau

Parabéns, cara, texto excelente! HUAHUAHUAUAUA

Descobri o seu blog pelo "Detesto Gente Inteligente"... Sorte ter clicado no link certo. HUAHUAAU

Me pocando de rir aqui... HUAHUHAUHAUAHA

Desculpa, dá pra falar agora não... HUAHUAHUAHAU Depois mando outro comentário menos efusivo quando me recompor....

HUHUAHAUHAUHAUUA

Abraço!

Marcos Satoru Kawanami disse...

Sunflower,

"O cheiro do ralo" é show!, mas aquela bundinha não é pra tanto.


Paulo,

agora que o Palestra sífu, todo o mundo é Flamengo, menos os torcedor do São Paulo.
ontem, minha esposa palestrina maluca torceu pro Botafogo 3x2 São Paulo, putaquelamerda!, como ela mesma diz macarronicamente.

Ric Dexter disse...

Se o assaltante fosse seu amigo, obrigaria a loira a te dar o rabão.
- Dá logo pro gordo, senão leva bala!

Flamenguistas têm que ser unidos. Por que vc não falou pra ele que era framenguista também?

Abraço.

Marcos Satoru Kawanami disse...

Paulo,

tu gosta é de cu, é? mas que porra, que gosto de besouro! sei lá, meu...

eu gosto de engatar por trás, mas na perseguida. tomei gosto pela posição com uma dadete obesa que só gozava assim, pois de frente a pança dela prejudicava os cutuco.

Joana Rizério disse...

meu entrevistado preferido! foi um prazer te conhecer. Ainda estou enrolada pra desenvolver o trabalho, mas se um dia terminar espero que ele seja apresentável, só para te mostrar. Abraço

Joana Rizério disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Halbermensch disse...

Como sempre, sensacional! Gosto muito de te ler.

Da Silva disse...

Tem horas na vida em que só uma bunda grande e ajeitada salva. E pior, depois disso tudo, sendo assaltado, esculachado e sem comer a rabuda, o Flamengo ainda empatou com o Goiás!

Esse resultado foi pra pegar o hexa e jogar na privada.

Forte abraço!

Moreira disse...

Ainda bem que o Marcos Gusmão não é loira, ufa! Que jumenta essa mulher heim?Fiquei tentado...ela vai sofrer em minha mão! Parabéns, você escreve pra caralho!

Davi Caramelo disse...

Sensacional!

Nilson disse...

Do caralho, essa oração!!!